Copel investe R$ 67 milhões na modernização do fornecimento a pequenos municípios
21/05/2021 - 16:50

Objetivo é diminuir a ocorrência, a abrangência e a duração dos desligamentos de energia. Programa Confiabilidade Total atua na construção de subestações e estações de chaves, equipamentos de automação e melhorias nos sistemas que atendem as áreas urbana e rural.

A Copel trabalha para diminuir a ocorrência, a abrangência e a duração dos desligamentos de energia em pequenos municípios paranaenses. O programa Confiabilidade Total atua na construção de subestações e estações de chaves, implantação de equipamentos de automação e melhorias nos sistemas de comunicação e de distribuição que atendem as áreas urbana e rural em dezenas de municípios. Em um ano e meio de trabalho, foram investidos R$ 67 milhões nas melhorias, que já fazem a diferença no dia a dia dos consumidores.

Neste período, foram construídas estações de chaves em 35 municípios que têm população estimada entre 1.700 e 29 mil habitantes, e em 2021 estas unidades chegarão a mais 13 cidades. A estação de chaves é uma estrutura que possibilita a operação da rede elétrica aos moldes de uma subestação, com a vantagem de ser mais leve, ficar distribuída entre os postes e contar com todos os recursos da automação e monitoramento remoto.

O superintendente de Smart Grid e Projetos Especiais da Copel, Julio Shigeaki Omori, explica que a implantação dessas estações é uma inovação que permitiu reduzir a extensão dos circuitos de distribuição de energia, agilizando o trabalho de inspeção no caso de desligamentos.

Um exemplo disso é o município de Fernandes Pinheiro, a 70 quilômetros de Ponta Grossa. A instalação de uma estação de chaves em 2020 possibilitou a redução dos circuitos, dividindo a alimentação urbana e rural, o que resultou em uma redução de 57% na duração equivalente dos desligamentos.

O município também teve instalado um equipamento para a transferência automática de cargas, para assegurar a continuidade do fornecimento mesmo em situações consideradas críticas.

“Agora, em caso de interferências externas sobre a fonte principal, como a queda de uma árvore ou uma batida de carro, por exemplo, temos a opção de abastecer a cidade por outra linha de energia, porque está interligada a Irati e Teixeira Soares", explica o superintendente .

Isso acontece em questão de segundos, sem a necessidade de interferência humana”, detalha. Este sistema de transferência foi implantado em outros 30 municípios, com investimento de R$ 49 milhões em redes de média e alta tensão.

PRIMEIRA - O investimento nas estações de chaves e em novas subestações de energia soma até o momento R$ 18,7 milhões. A primeira subestação do programa foi colocada em operação esta semana, no município de Antônio Olinto, 100 quilômetros ao Sul de Fernandes Pinheiro. A cidade ganhou um transformador com 7 MVA (megavolt-ampère) de potência, que agora atenderá as cargas de maneira mais próxima, evitando perdas no sistema.

Outras cinco subestações estão em construção e ficam prontas ainda este ano, nos municípios de Santa Amélia, Sapopema e Salto do Itararé, na região Norte do Paraná, além de Serranópolis do Iguaçu e Boa Vista da Aparecida, na região Oeste.

AUTOMAÇÃO - Outra frente de atuação do Confiabilidade Total é expandir a automação das redes, levando inclusive tecnologias de inteligência para as cidades menores. Até o momento, já foram implantados 3.500 pontos de automação em equipamentos especiais, e formados 506 sistemas de autorrecuperação, ou self-healing. Estes sistemas identificam a localização da causa geradora do desligamento, religando automaticamente os trechos que não são diretamente afetados pela ocorrência. “É uma nova era para a energia no Paraná. Estamos levando às pequenas localidades a mesma tecnologia que está disponível nos grandes centros urbanos”, destaca Julio Omori.

CIDADES - Confira as cidades paranaenses que tiveram estações de chaves implantadas nos últimos meses, além de Fernandes Pinheiro: Alto Paraíso, Ângulo, Arapuã, Ariranha do Ivaí, Boa Ventura de São Roque, Bom Jesus do Sul, Campina do Simão, Campo Magro, Cruzeiro do Sul, Esperança Nova, Farol, Godoy Moreira, Ivaté, Japira, Jardim Olinda, Jundiaí do Sul, Laranjal, Lidianópolis, Lunardelli, Marquinho, Mirador, Nova América da Colina, Nova Tebas, Palmital, Pinhal de São Bento, Prado Ferreira, Rio Branco do Ivaí, Santo Antônio do Caiuá, São Manoel do Paraná, Sapopema, Sulina, Uniflor e Vitorino.

Últimas Notícias