Setores Prioritários

Em 2015 o Paraná definiu seis setores prioritários para atração de investimentos e desenvolvimento. O objetivo desta ação, liderada pela APD, é reforçar segmentos em que o Paraná já tem presença forte e desenvolver mercados com potencial tecnológico, de geração de valor agregado e emprego.

Além de fazer o diagnóstico da atual situação das cadeias produtivas já existentes no estado, a APD está trabalhando na preparação de estudos para guiar ações de desenvolvimento que envolvem desde capacitação de mão-de-obra e criação de novos cursos universitários até rodadas de visitas a potenciais investidores. Além disso, a agência negocia com instituições financeiras internacionais parcerias com a Fomento Paraná e o BRDE para apoio a investimentos realizados na região.

Os setores estratégicos para o Paraná são:

 

   AUTOMOTIVO E TRANSPORTE

 

  • Indústria automobilística no DNA do Estado há mais de 40 anos, com a instalação da primeira fábrica de caminhões.
  • Audi, Caterpillar, Case New Holland, DAF, Fiat, Nissan, Paccar, Renault, Volkswagen e Volvo são marcas já consolidadas.
  • Participação ativa no crescimento do setor, com projetos especiais para a grande cadeia de fornecedores da indústria.
  • 10% da produção brasileira de automóveis, caminhões e caminhonetes acontece aqui.
  • Terceiro polo automotivo do Brasil.
  • 5 montadoras de porte instaladas no Estado.
  • Mais de 1.000 empresas na área.
Foto de maquinário de indústria

“Curitiba e Região Metropolitana oferecem uma excelente combinação de desenvolvimento econômico, infraestrutura logística, mão de obra qualificada, além da qualidade de vida nas áreas de saúde, cultura e lazer.”

Alain Tissier
Vice-Presidente da Renault do Brasil

Logo Renault

 

   AEROESPACIAL E DEFESA

 

Foto avião voando

 

194

Universidades

30

Incubadoras

40

Aeroportos, incluindo o melhor do Brasil

Estratégia de desenvolvimento setorial voltada ao longo prazo e embasada em análises econômicas aprofundadas.

Lei Paraná Aéreo: garantia de apoio governamental na implantação de novos investimentos.
 

  • 8 mil mestrandos
  • 4 mil doutorandos
  • Quase 5 mil novos engenheiros no mercado por ano.


Setor automotivo como parte do DNA do Estado por mais de 40 anos, servindo como base para o desenvolvimento do setor aeroespacial e de defesa.


"Diversas questões estratégicas influenciaram na escolha da DAF pelo Estado do Paraná, como a importante parcela do mercado de caminhões que a região detém, a produção agrícola e também a grande concentração de empresas de transporte. Outro fator bastante relevante é a estrutura de mão de obra oferecida no Estado. Instituições de ensino como a Universidade Tecnológica Federal do Paraná, a Universidade Estadual de Ponta Grossa e o Senai do Paraná nos motivaram em relação à qualificação local. Em cada Estado que atuamos identificamos uma particularidade e um perfil de cliente diferente. No entanto, o consumidor brasileiro, de maneira geral, está mais exigente quanto à união das qualidades fundamentais para o transporte: a qualidade do caminhão e o baixo custo total de operação. Com os clientes paranaenses não está sendo diferente e temos um produto e serviços à altura das expectativas."

Michael Kuester
Presidente da DAF Caminhões Brasil

Logo DAF

 

   AGROINDÚSTRIA E BIOTECNOLOGIA

 

  • Grande parte da produção vem de cooperativas com alta profissionalização. A maior cooperativa agrícola do mundo é paranaense.
  • É um dos maiores produtores de grãos do Brasil, com alta capacidade de fornecimento para a área alimentícia.
  • Na pecuária, é o maior produtor e exportador de aves, com destaque na produção de outras carnes, leite e derivados.
  • A qualidade dessa produção, aliada à proximidade com a indústria, assegura o crescimento do setor.
  • Forte tradição na produção agrícola, com produtividade sempre acima da média nacional.
Foto de colheitadeira na lavoura

 

“O Estado do Paraná oferece boas possibilidades para o desenvolvimento de pequenas, médias e grandes companhias. Mão de obra qualificada, um ambiente de negócios estável e uma sólida estrutura se unem ao perfil hospitaleiro, gentil e dedicado, características marcantes do cidadão paranaense.”

Cyro Gazola
Gerente Geral da Mondelez Brasil

Logo mondelez

 

    LIFE SCIENCES

 

Foto de batons


155

Empresas na área

 

Parcerias com laboratórios de nível mundial

  • Tecpar
  • O Paraná é o terceiro maior produtor brasileiro no setor de cosméticos e perfumaria, com 155 empresas. Destaque para O Boticário, iniciativa local que deu origem à maior rede de franquias de perfumaria do mundo.
  • Na área de saúde, a indústria tem parceria com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar), produtor de imunobiológicos e biológicos de última geração.
  • Terceiro maior mercado consumidor mundial (PIA IBGE).
  • A indústria brasileira de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos cresce mais de 10% todos os anos, há 5 anos (Valor Setorial). Já superou a França e hoje o Brasil é o terceiro maior consumidor do mundo.

 

   TIC E ECONOMIA DIGITAL

 

  • Laboratórios com nível mundial, como o Lactec, e projetos como o Curitiba Tecnoparque fazem dessa região um ponto-chave para investidores.
  • Londrina é o segundo maior polo de TIC do Paraná, demonstrando a força e o potencial do interior do Estado.
  • A participação do Paraná no segmento tende a crescer muito.
  • Uma das 10 maiores empresas de computadores do mundo nasceu no Paraná.
     

Laboratórios de nível mundial

  • Tecpar (no Estado)
  • Lactec (em Curitiba)

Mais de

500

Empresas na área

 

 

Um dos maiores

Backbones

do Brasil


“A Harris assinou um acordo com o Governo do Paraná para a produção de rádiose tecnologias para missão crítica adequados ao uso em segurança pública por encontrar no Paraná um ambiente propício para desenvolvimento e produção de alta tecnologia. Posso destacar como principais motivadores para a escolha do Estado do Paraná sua infraestrutura, indicadores econômicos, mão de obra qualificada e beneficios do programa Paraná Competitivo. A fabricação local é um passo importante para aumentarmos nossa competitividade no mercado nacional.”

Reinaldo Rezende, Presidente da Harris

Logo harris

 

   ENERGIA

 

Foto de torres de energia

 

  • Parque eólico já constituído.
  • Estímulo ao desenvolvimento de fontes renováveis de geração de energia.
  • Parque gerador próprio, com 32 usinas hidrelétricas de diversos portes.
  • Grande potencial de geração de biomassa.
  • Regiões norte e noroeste do Estado com forte capacidade de captação de radiação solar.